sábado, 17 de janeiro de 2015

Você conhece alguém com DEPRESSÃO?

A depressão é uma doença muito frequente na população. Só quem a tem sabe o quanto é difícil conviver com ela. Quando ocorrem situações como perdas importantes, morte na família, separação, dificuldades financeiras, desemprego etc, estruturas do cérebro que são sensíveis a hormônios relacionados ao estresse sofrem alterações. Há então um desequilíbrio que pode desencadear os sintomas depressivos, levando a situações como as que se pode ver nos depoimentos abaixo:

“Do nada eu choro... passo até vergonha às vezes porque acho que pensam que devo ser uma velha gagá.” (L.T. – 63 anos - aposentada)

“Não quero mais estudar. Não vejo futuro pra mim... Essa escola é uma coisa muito chata. Ah! Estudar pra quê se eu não vou ser nada na vida mesmo?...” (Y.O.P. 16 anos – estudante)

“A vida não faz mais sentido pra mim...” (T.R.F. – 38 anos – comerciário)

“Tem gente que acha que eu preciso de um tanque de roupa pra lavar, outros falam que eu tenho que sair mais. Ninguém entende o que eu estou passando. Que ódio que isso me dá!” (M.S.A. – 25 anos – vendedora)

Veja abaixo alguns sinais que podem estar relacionados a um quadro depressivo e que precisam ser avaliados para que não se tornem um problema mais grave:

• Tristeza
• Choro aparentemente sem motivo
• Irritabilidade
• Sentimento de solidão, mesmo quando com pessoas à volta
• Gastos desmedidos
• Ansiedade frequente
• Sensação de vazio inexplicável
• Desinteresse por coisas prazerosas
• Insônia
• Mudanças no apetite
• Perda ou ganho de peso
• Falta de concentração
• Sentimento de culpa frequente
• Cansaço
• Pensamentos recorrentes sobre morte

É muito importante ficar alerta aos sinais da depressão. Deve ser feita uma avaliação dos sinais e sintomas apresentados. A partir daí, intervenções como psicoterapia, medicamentos e mudanças no estilo de vida poderão ser indicados para que se restabeleça a qualidade de vida.

Não perca tempo!

Nenhum comentário:

Popular Posts

Seguidores