quarta-feira, 7 de maio de 2014

O que é Psicoterapia Infantil?

A psicoterapia infantil tem por objetivo beneficiar a qualidade de vida da criança, assim como o seu bem estar. Busca compreender as dificuldades da criança, promovendo alívio dos sintomas e ajudando a encontrar novos caminhos.

Também trabalha na prevenção e promoção do bem estar da família. Acolhendo os pais e/ou cuidadores em suas angústias, ouvindo as dificuldades e orientando no desenvolvimento da terapia lúdica.

Através do brincar a criança sente-se compreendida e expressa suas dificuldades emocionais, observa melhor o mundo que a cerca, aprende a lidar com seus conflitos e demonstra de forma significativa a melhora na escola e com a família.
Quando a criança permanece, o tempo necessário, em atendimento psicológico, ela tem a oportunidade de ser um adulto que conhece mais de suas emoções, sentimentos e de si.

Como é realizado?

Diferente do adulto, a criança não sabe expressar em palavras suas angústias. Sendo assim, no atendimento psicoterapêutico à criança, são utilizadas estratégias de brincadeiras, que são realizadas de acordo com a idade, como jogos e desenhos. Nesse contexto, o psicólogo tem a possibilidade de conhecer mais sobre a criança, seu comportamento, suas emoções e sentimentos.

Além disso, no decorrer da psicoterapia, se faz necessária a orientação aos pais, proporcionando a compreensão em relação à dificuldade na qual foi apresentada e quanto ao desenvolvimento do tratamento lúdico. Dessa maneira a participação dos pais se torna ativa, melhorando a interação familiar.

Quando a criança precisa de ajuda?

Assim como os adultos, as crianças sentem medo, tristeza, frustração e raiva, que são apresentados através dos comportamentos de agressividade, impulsividade, problemas de aprendizagem, birras, entre outros.

As crianças geralmente apresentam comportamentos que apontam que algo não está bem. Frequentemente, os primeiros comportamentos de dificuldades são percebidos na escola, pois é o local em que a criança passa mais tempo do seu dia.

Existem acontecimentos que influenciam no bem estar psicológico da criança como violência física ou psicológica, abandono, perda de alguém próximo, separação dos pais, nascimento de irmão, mudança de escola ou cidade, etc.

As queixas comuns apresentadas no consultório são: dificuldade de aprendizagem, agressividade, dificuldades alimentares e dificuldade de interação social. Contudo, há outras dificuldades em que a psicoterapia infantil pode ajudar: incontinência urinária, dificuldade para dormir, excesso de medo, choro em demasia, dentre outros.


Mas, não são todos os casos de dificuldades da criança que é necessário acompanhamento psicológico. No entanto, somente o psicólogo infantil é capaz de avaliar se há necessidade ou não.


Nenhum comentário:

Popular Posts

Seguidores