terça-feira, 15 de outubro de 2013

DISFUNÇÃO ERÉTIL


Disfunção erétil ou impotência sexual é a incapacidade de iniciar e de manter uma ereção em, pelo menos, 50% das tentativas durante a relação sexual. Essa disfunção incapacita o homem a obter ou manter ereções suficientemente rígidas para a penetração vaginal, impedindo a satisfação sexual.

Causas
A impotência sexual está relacionada a diversas doenças e tratar a disfunção envolve obrigatoriamente a descoberta de sua causa. São causas da disfunção erétil:

Distúrbios psicológicos
Doenças hormonais (diabetes, queda de testosterona, problemas endócrinos)
Doenças neurológicas (lesões na medula, mal de Alzheimer e Parkinson)
Doenças vasculares, que causam entupimento das artérias e veias, prejudicando a chegada do sangue ao pênis (hipertensão arterial, aterosclerose)
Consumo excessivo de medicamentos
Alcoolismo e tabagismo.

Sintomas de Disfunção erétil

Dentre os sinais e sintomas da disfunção erétil, destacam-se:

Redução do tamanho e da rigidez peniana
Incapacidade de obter e manter a ereção
Redução dos pelos corporais
Atrofia ou ausência testicular
Pênis deformado
Doença vascular periférica
Neuropatia (distúrbio das funções do sistema nervoso).
É importante ressaltar que apenas o envelhecimento não constitui uma causa de disfunção erétil.

Tratamento de Disfunção erétil
O tipo de tratamento para a disfunção erétil depende da sua causa e do estilo de vida do indivíduo.

Após ser detectada a impotência sexual através de um diagnóstico clínico, existirão vários recursos para tratamento. Dentre esses recursos, tem-se: psicoterapia, reposição hormonal após os 45 anos de idade, autoinjeção, prótese, géis e cremes e enrijecimento por sucção.

Fonte: MINHA VIDA

Nenhum comentário:

Popular Posts

Seguidores