quarta-feira, 11 de maio de 2011

PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL


Atualmente estou cursando o 7º Semestre do Curso de Psicologia, e a Psicologia Organizacional foi a área que eu mais me identifiquei até o momento. Em uma Empresa, o sofrimento dos trabalhadores nem sempre é visível. Para se entender o que é o trabalho de uma pessoa é necessário se observar e analisar o desenrolar de sua atividade em situações reais, em seu contexto, procurando identificar tudo o que muda e faz o trabalhador tomar pequenas decisões a fim de resolver os pequenos, mas recorrentes problemas do cotidiano da produção. É essa ação atuante que me chama a atenção nesta área.

Segundo Adriano Rissi, de um modo geral as pessoas têm emoções, ideais, valores éticos e morais que podem influenciar o ambiente de trabalho. Aplicar os conhecimentos da psicologia organizacional é vital para desenvolvimento das pessoas e conseqüentemente da organização.

O escopo da psicologia organizacional não se limita apenas ao recrutamento e a seleção de pessoal se estende também à aplicação de testes, acompanhamento de pessoal, treinamento, análise de função, cargo, avaliação de desempenho, assessoria, aconselhamento psicológico, orientação, treinamento e diagnóstico organizacional com vistas ao bem estar de cada indivíduo e ao desempenho superior da organização.

Portanto, a psicologia organizacional apóia com técnicas e conceitos o processo de formação de um comportamento necessário para a criação de um ambiente e clima organizacional equilibrado, favorável e estável para enfrentar os desafios do ambiente externo.

Nenhum comentário:

Popular Posts

Seguidores