quarta-feira, 24 de abril de 2013

Projeto: PADRINHOS DA LEITURA

Autor: Ismael dos Santos, psicólogo.
e-mail: ismael_psicol@hotmail.com

Todo mundo tem pelo menos 1 livro para doar ou algum valor (seja ele qual for), portanto, vamos ter a sensibilidade quanto à importância do gesto e, sobretudo, a iniciativa.

Introdução
Além de ser instrumento de socialização, a linguagem também é utilizada pelo homem para construir sua identidade pessoal e sua consciência de ser social. A aprendizagem da leitura vem ampliar esse quadro, oferecendo um instrumento a mais de acesso à informação e formação da criança e do adolescente. É nesse sentido que surgiu a ideia de criar e desenvolver o presente projeto, que tem como objetivo principal atender as crianças e adolescentes vítimas de violência e abuso sexual do Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS de Alta Floresta/MT.

Justificativa
A ideia de criar uma biblioteca para atender as crianças e adolescentes vítimas de violência e abuso sexual do Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS de Alta Floresta/MT surgiu a partir da percepção da falta de instrumentos de leitura e brinquedos oferecidos aos mesmos.

Para a criança, ouvir ou ler histórias pode se traduzir em vivenciar emoções importantes como a raiva, a tristeza, a irritação, o medo, a amizade, a alegria, o prazer, conquistas, perdas e tantas outras mais, possibilitando à mesma, explorar suas percepções, seus sentimentos e conceitos e organizar suas emoções a fim de  compreender melhor seu universo (Abramovich, 1991).
Nas histórias, como nas poesias, as palavras dão vida, fazem as ideias se concretizarem, criam personagens. As fantasias e aventuras passam a ser da própria criança, que recria a própria vida, vivenciando prazeres e conflitos, resolvendo-os por meio da imaginação.

Objetivos
Geral:
Criar um espaço dinamizador da leitura fornecendo subsídios aos Orientadores Sociais para estimular a leitura, criatividade e sensibilidade das crianças vítimas de abuso sexual e outras violências.

Específicos:
· Incentivar o gosto pela leitura das crianças assistidas;
· Desenvolver a sensibilidade, autoestima e senso crítico das crianças;
·Estimular a imaginação e a criatividade enriquecendo a linguagem oral, a leitura e a escrita;
·Explorar a arte no sentido de cultivar a sensibilidade, a emoção e a afetividade, buscando o prazer no encontro com diferentes formas de leitura: músicas, vídeos, poesias, entre outras;
· Despertar na criança a emoção poética;
· Permitir à criança um espaço adequado e agradável ao estudo;
·Fazer com que a utilização dos livros da “Biblioteca ” seja veículo de humanização, socialização, informação, lazer e cultura.

Metodologia
Para desenvolver o presente projeto serão adotados os seguintes procedimentos:
- Solicitar a doação de obras literárias (romance, ficção, literatura, gibis etc.), brinquedos e divulgação do projeto;
- Envio das obras ao endereço descrito;
- catalogação das obras doadas no programa Biblioteca Livre (BIBLIVRE) onde as obras doadas poderão ser pesquisadas;
- entrega das obras ao Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS para montagem do espaço literário.

Como doar os livros ou valores?
Faça um pacote do (os) livro (os) usado ou novo e envie diretamente ao endereço Abaixo:
ISMAEL PEREIRA DOS SANTOS  
Rua D2, nº 243, CENTRO                 
Alta Floresta/MT                                    

CEP: 78.580-000      
                                
Doações em Dinheiro  (Qualquer Valor)
Poupança: 11.830-3 / Agência: 1455-9
BANCO  BRADESCO    

Referências Bibliográficas
ABRAMOVICH, Fanny. Literatura Infantil: Gostosuras e Bobices. 2ª ed. São Paulo: Scipione,1991

BRASIL. Manual Pedagógico da BIBLIOTECA DA ESCOLA. Ministério da Educação e do Desporto. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Brasília: MEC/SEF,1998

BOMTEMPO, Luzia. De olho nas páginas dos livros. Revista AMAE Educando. Belo Horizonte: Fev/ 2001.

Nenhum comentário:

Popular Posts

Seguidores