sábado, 29 de março de 2014

CONVIVER COM ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO FAZ BEM À SAÚDE FÍSICA E MENTAL

Por  
Acadêmica de Jornalismo do CEULP/ULBRA

Segundo um estudo feito pela Universidade de Miami, publicado no site do Journal of Personality and Social Psychology, pessoas que possuem animais de estimação "têm mais qualidade de vida e conseguem resolver melhor diferenças individuais que as que não têm animal de estimação". Para chegar aos resultados, os pesquisadores questionaram 217 pessoas, na maioria (79%), mulheres com idade média de 31 anos. 
O estudo indicou que donos de cachorros, gatos e outros bichos de estimação mantêm uma relação tão estreita com as pessoas próximas como a que têm com seus animais, proporcionando apoio social e emocional às pessoas. "Especificamente os donos de mascotes têm mais autoestima e estão em melhores condições físicas, além disso, tendem a ser menos solitários, são mais conscientes do que ocorre a sua volta, são mais extrovertidos, tendem a ser menos receosos e menos preocupados", afirmou o pesquisador.
O Consultor de Engenharia de Produção, Marcelo Augusto Gibbert, tem dois cachorros e acredita que um animal de estimação influencia positivamente na saúde física e mental do indivíduo. [O animal] “se torna companheiro meu, e parece que dando carinho ao animal, ele também está dando carinho pra gente, retirando uma carência natural do ser humano”.

Um animal de estimação pode deixar o dono mais feliz, otimista, ativo e menos solitário. Costumam saber quando a pessoa está triste ou feliz e podem ser os melhores companheiros. Além disso, os animais domésticos podem fazer bem para o coração (pressão arterial e circulação sanguínea), sistema imunológico, hiperatividade, depressão, postura e alergias. Saiba quais são os principais benefícios de conviver com um animal de estimação:
Leia a matéria completa: (EN) CENA

Nenhum comentário:

Popular Posts

Seguidores