segunda-feira, 11 de abril de 2011

Psicologia Humanista

A Abordagem Centrada na Pessoa é uma abordagem das relações interpessoais desenvolvida pelo psicólogo americano Carl Rogers (1902-1987), um dos mais renomados psicólogos do século XX e um pioneiro na pesquisa científica em psicoterapia.

O pressuposto fundamental da Abordagem Centrada na Pessoa é que em todo indivíduo existe uma tendência à atualização, uma tendência inerente ao organismo para crescer, desenvolver e atualizar suas potencialidades numa direção positiva e construtiva.

A partir de extensa experiência clínica e com base em diversos resultados de pesquisa, Rogers formulou a hipótese de que esta tendência à atualização é promovida em uma relação interpessoal permeada das atitudes de empatia, consideração positiva incondicional e congruência:

Empatia é a atitude de tentar se colocar no lugar da outra pessoa e tentar "ver com os olhos dela". É compreender a pessoa a partir do quadro de referência dela. Para isto, é necessário deixar de lado nossos próprios pontos de vista e valores para poder entrar no mundo do outro sem julgamentos.
Consideração Positiva Incondicional é a atitude de aceitar calorosamente cada aspecto da experiência da outra pessoa.Significa não colocar condições para a aceitação ou para a apreciação desta pessoa. A consideração positiva incondicional implica num cuidado não-possessivo, numa forma de apreciar o outro como uma pessoa individualizada a quem se permite ter os seus próprios sentimentos, suas próprias experiências.

Nenhum comentário:

Popular Posts

Seguidores