quarta-feira, 27 de abril de 2011

NOTÍCIA: Estudante da Universidade de Cuiabá (Unic), é Denunciada por Exercício Ilegal da Psicologia


O Conselho Regional de Psicologia (CRP) 18ª Região, em Cuiabá, denunciou à Polícia Civil de Várzea Grande a estudante Maria Neuza da Cruz Zaghetto por exercício ilegal da profissão. Apesar de cursar Psicologia, na Universidade de Cuiabá (Unic), a acadêmica, que não possui registro profissional na autarquia federal, vem atendendo pacientes em consultório particular.

Além de receber informações de uma psicóloga sobre a atuação da estudante, na Elieny Consultoria, a própria fiscal do CRP, a psicóloga Rhegysmere Myriam Rondon Alves, que se passou por paciente, flagrou o exercício ilegal. Segundo a presidente do Conselho Regional, Maria Aparecida de Amorim Fernandes, a autarquia tem intensificado a fiscalização para impedir a prática da profissão por pessoas que não são habilitadas. “A legislação é clara. Então, nesse caso, mesmo sendo estudante de psicologia, a acusada não concluiu o curso e nem tem o registro que garante a atuação”, ressaltou Maria Aparecida.

De acordo com a assessoria jurídica do CRP, a instauração do inquérito policial já indica a existência de autoria e materialidade do ilícito. “Se não tivesse a comprovação da irregularidade, o delegado responsável pelo caso teria determinado o arquivamento da notícia crime”, enfatizou o advogado Ivo Aguiar Lopes Borges. Ele disse ainda que as provas do exercício ilegal são claras e consistem em diversos documentos e depoimentos que demonstram nitidamente a infração de exercício ilegal da profissão.

3 comentários:

Anônimo disse...

Coisa bonita... Já começa bem a carreira.

Anônimo disse...

e verdade q eu sei ela atendia o filho do advogado dela fidelis

Anônimo disse...

atendia mesmo tem testemunha na eliene eles sabe fui funcionaria la

Popular Posts

Seguidores