quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

"Reflexões de um Acadêmico"

Obter uma graduação de nível superior é fácil. Antigamente, difícil era passar no vestibular, mas hoje, uma vez na faculdade, qualquer um é capaz de graduar-se, a menos que tivesse um “Distúrbio de Aprendizagem” que o atrapalhasse no alcance da média final. Atualmente vejo que a maior dificuldade é pagar a mensalidade e o material didático.
            Hoje, no final do meu curso, percebo que concluir um curso universitário é simples, muito ao contrário do que dizem alguns acadêmicos. Eles se queixam de tudo, dizem que a matéria é complicada, esbravejam, que a xérox está cara, mas isso só acontece com quem acumula tarefas, posterga responsabilidades ou desafia sumariamente as regras institucionais, em fim, quem leva a faculdade aos empurrões, com a barriga.
            Esta não é a opinião de um professor, mas sim de um Aluno. Como acadêmico de Psicologia, a partir de observações em minha Faculdade, eu penso desta forma. Isto porque, hoje, eu não me sinto verdadeiramente exigido por meus professores. Salvando alguns poucos professores, a maioria dos que tive nessa reta final do curso são muito descompromissados com o ensino, tudo muito largado, aulas conteudistas, sem nenhum planejamento claro de aula, “a não ser que Levar um texto para a sala e pedir para os próprios alunos explicarem seja um plano de aula”, aí sim estarei errado.
            Rigoroso era no início do meu curso quando “Nossos Professores” passavam muitos trabalhos, realizáva-mos nossas avaliações em uma semana (TENSO, minha turma que o diga), ou que corrigia as provas de modo inflexível como expressão de autoridade, éramos exigidos. Mas se você mantivesse uma rotina razoável de estudos e cumprisse prazos estipulados, conseguia a média. Simples assim.
            Sempre falei que, se os professores e também os alunos cumprissem minimamente as suas obrigações, tudo seria mais simples e produtivo para todos, mas nossa realidade não é essa, é mais ou menos aquela história de que “Professores fingem que Ensinam, Acadêmicos fingem que Aprendem e Faculdade finge que está tudo Bem. Então vamos adiante. Até o final de junho de 2012 espero ter concluído meu curso e aos alunos que estão iniciando seus cursos agora, não se acomodem com a falta de compromisso, procurem saber mais, exijam seus direitos e cumpram seus deveres como alunos, pois o Mercado de Trabalho exige muito de sua capacidade.

Escrito por Ismael dos Santos
http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4442992D8

Nenhum comentário:

Popular Posts

Seguidores